Combustíveis representam 70% da faturação do Grupo Auto Júlio

É aos automóveis que se associa mais a atividade do Grupo Auto Júlio, mas o setor dos combustíveis já representa 70% do volume total da sua faturação e tornou-se estrutural na sua existência.
O Grupo Auto Júlio está inserido na categoria “Distribuidores de 1ª Linha e Retalhistas Independente”, revendendo e transportando combustíveis líquidos brancos (gasóleos e gasolinas), com frota própria, para mais de 20 postos de abastecimento com marca própria, postos de abastecimento de marca branca e para cerca de mil empresas do setor industrial, transportes, agrícola e serviços. Em 2016, foram comercializados 50 milhões de litros de combustíveis.
Nesta área, o Grupo Auto Júlio tem clientes nos mais variados setores: hospitais, embaixadas, hotéis, cooperativas agrícolas, transporte ferroviário e rodoviário, produtores agrícolas, indústria cerâmica, indústria de curtumes, eventos desportivos, espetáculos circenses, hipermercados, centros comerciais e bancos, entre outros.
Segundo Zita Agostinho da Silva, diretora do Departamento de Combustíveis e Lubrificantes do Grupo Auto Júlio, é no setor primário -  segmento agrícola - que tem havido um maior crescimento de vendas, seguindo o padrão de evolução económica do país.
A nível nacional, abastecem de combustível empresas como a Endemol, a TVI/Plural, a RTP, a CP Carga, a Gelpeixe, o Continente Hipermercados e o Jardim Zoológico de Lisboa, mas também vários corpos de bombeiros voluntários, cooperativas agrícolas, pedreiras, adegas, embaixadas, entre muitas outras. Os geradores da Ilha da Berlenga também são abastecidos pelo Grupo.
Na região, alguns dos clientes são a Misericórdia das Caldas da Rainha e de Óbidos, Rações Avenal, Centros de Saúde das Caldas da Rainha e da Benedita, Horta Pronta, Promol, Manuel Barosa e Construções Linto & Marques.
No total, trabalham neste setor do Grupo 38 colaboradores, sendo a grande maioria motoristas (14), para além dos comerciais, administrativos, “back-office” e chefias.
“Crescemos sustentadamente apoiados numa equipa coesa e numa empresa que privilegia a qualidade, idoneidade e a proximidade junto dos seus parceiros”, sublinha Zita Agostinho da Silva.
A responsável salienta que o Grupo tem uma excelente posição negocial no mercado devido à sua solidez, capacidade financeira e consistência. “E tem como focus principal: a melhoria contínua da “Experiência do Cliente” quando interage com a nossa marca, os nossos produtos, os nossos serviços e os nossos colaboradores”, afirma.
Nos combustíveis desde 1990
A Auto Júlio entrou na área da distribuição e venda de combustíveis em 1990, três anos depois da sua criação, ao adquirir o espaço onde fica atualmente a sede do grupo (Caldas da Rainha), que incluía o posto Galp existente no local.
Em 1993, a aquisição da Garagem Caldas permitiu a entrada na área de distribuição e venda de combustíveis a granel, quer para abastecimento de postos de combustível, quer para fins industriais.
Vinte e três anos depois da sua fundação, o Grupo comprou a Galp Servi Express e reforçou a ligação com a Galp Energia, ao celebrar um Contrato de Distribuição e Licença de Marca e Imagem, passando a ser Parceiro Galp, adquirindo o acesso exclusivo à revenda dos produtos Aditivados Galp – marca HY ENERGY.
A aquisição da empresa Galp Servi Express e das suas centrais de distribuição de combustíveis (relés de abastecimento) em Sines, Terrugem e Pombal, garantiu a exclusividade numa área que se estende entre Aveiro e Sines, um dos espaços de maior desenvolvimento e concentração de pessoas e indústrias do país.
Em 2015, com a aquisição do centro de logística de São Bartolomeu de Messines, a área de influência alargou-se ainda mais, até ao Algarve. Atualmente, o setor dos combustíveis está a trabalhar nos distritos de Aveiro, Coimbra, Leiria, Santarém, Lisboa, Setúbal, Évora, Beja e Faro.
Com quatro locais de armazenagem secundária próprios (relés): Caldas da Rainha, Palmela, Terrugem, Pombal e Messines, que armazenam combustíveis aditivados HY ENERGY: gasóleo agrícola, gasóleo rodoviário e gasóleo de aquecimento, e utilizando a CLC (Aveiras) como centro logístico primário, o Grupo Auto Júlio potencia a sua capacidade logística, no segmento B2B. Afetos às relés existem camiões cisternas dimensionados às características da procura da zona onde estão inseridos, com capacidades entre os seis mil e os 32 mil litros.
Em relação à venda direta ao público, o Grupo tem 17 postos de combustíveis com imagem “co-branded” (Auto Júlio/Galp/cliente), três postos com propriedade total da Auto Júlio com imagem “co-branded” (Auto Júlio / Galp) e mais três com propriedade total do Grupo, mas com imagem, fornecimento e gestão de marca de terceiros.
O Grupo Auto Júlio faz ainda revenda de lubrificantes GALP. Outra parceria estratégica que o Grupo tem com a Petrogal.
Para Zita Agostinho, os números revelam só o que está à superfície, porque “o sucesso está nas pessoas, nos processos, nas relações que criamos no dia-a-dia”. A diretora destaca “a equipa que construímos (desde o comercial que vende, ao motorista que entrega até ao administrativo que une o processo), e à mensagem única que que queremos transmitir para o cliente, sempre alinhados com a administração do Grupo Auto Júlio: 30 anos de seriedade, consistência e fiabilidade”.
Zita Agostinho da Silva está no Grupo desde 2003, tendo assumido a direção do Departamento de Combustíveis e Lubrificantes em 2007. Com o curso de Gestão do ISCTE e uma pós-graduação em Gestão de Vendas na Universidade Católica, está a terminar um MBA no INDEG/ISCTE. A responsável trabalha no sector desde 1998, tendo iniciado a sua carreira na Cepsa Petróleos de Portugal.

Comentários

Escreva um comentário

Os comentários são moderados