Hyundai Motorsport conquistou vitória no Campeonato do Mundo de Ralis

A Hyundai Motorsport alcançou a sua quarta vitória no Campeonato do Mundo de Ralis FIA na Austrália.

Com quatro vitórias na temporada de 2017, a equipa duplicou o seu recorde, com 91 vitórias em etapas, o que representa um notável aumento de 47 vitórias quando comparado com o ano de 2016.

Esta última vitória aconteceu num dia marcado por muita chuva e uma Power Stage repleta de emoção, que acabou por tornar o último dia do Rali da Austrália verdadeiramente fascinante.

A equipa belga composta por Thierry Neuville e Nicolas Gilsoul enfrentou condições difíceis para conseguir alcançar a vitória, preservando assim o seu segundo lugar no Campeonato de Pilotos.

Hayden Paddon e Seb Marshall desfrutaram do seu melhor dia do fim-de-semana, terminando na terceira posição e registando o seu segundo pódio da temporada.

Os dois confirmaram o seu estatuto de dupla mais vitoriosa de 2017. Apesar de não terem ganho o título do Rali de Pilotos, os belgas demonstraram ser uma verdadeira ameaça ao longo dos eventos, e terminaram a temporada com estilo.

Quanto a Mikkelsen e Jæger, têm vindo a demonstrar potencial com a Hyundai Motorsport nos últimos três ralis. Os eventos permitiram que o norueguês se adaptasse ao seu novo ambiente com vista a preparar a campanha da temporada de 2018.

Chegou assim ao final a temporada de 2017 do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) FIA com a gala de entrega de prémios realizada no Museu de Arte Contemporânea de Sydney.

Depois de uma recente vitória impressionante e um duplo pódio no Rali da Austrália, os pilotos da Hyundai Motorsport receberam numerosos prémios nesta gala, incluindo o prémio “Most Stage Wins” arrecadado por Thierry Neuville.

O belga foi ainda homenageado com o prémio “Cortina Timing Feat” pela sua performance no Power Stage do Rali da Argentina. Hayden Paddon recebeu o prémio “Social Media” pelo conteúdo online publicado a seu respeito durante a temporada.

 

Diretor da Equipa faz uma análise retrospetiva da temporada de 2017.

 “Resumidamente posso dizer que, de uma maneira geral, a temporada de 2017 teve boas performances, mas oportunidades perdidas. Iniciámos o ano com novas normas e com um carro novo, o Hyundai i20 Coupé WRC, e por isso foi sempre difícil prever onde é que os pilotos seriam competitivos. Alguns consideraram-nos favoritos, mas sabemos que nem sempre o que preveem corresponde à realidade. O resultado final pode não ter sido aquele que desejávamos, mas saímos desta temporada muito unidos enquanto equipa”, afirmou Michel Nandan.

Em relação a 2018, referiu que “as corridas que vimos no Rali do País de Gales e no Rali da Austrália foram encorajadoras, com muitas das nossas duplas a lutarem pelos lugares da frente”.

Adianta por isso que “isto é o que queremos ver em 2018, ou seja, puxar pelos nossos rivais até ao limite até ao final das provas. Precisamos de aperfeiçoar os problemas que foram observados com o carro – insegurança e inconsistência – enquanto continuamos a fazer as muitas coisas que temos vindo a fazer de modo adequado – excelente trabalho de equipa, dedicação e determinação. Esperamos que seja outra temporada fascinante, mas uma que nos dê ainda mais vitórias e uma oportunidade de conquistar o campeonato. Pessoalmente estou ansioso pelo Rali de Monte-Carlo”.

Embora a temporada de 2017 tenha terminado, as dúvidas já começam a surgir no que respeita ao Campeonato do Mundo de Ralis FIA 2018, o qual terá início com o Rali de Monte-Carlo a decorrer a 25-28 de janeiro.

A temporada será oficialmente lançada num evento especial que decorrerá no Autosport International Show em Birmingham, Reino Unido, quinta-feira dia 11 de janeiro.

 

Hyundai Motorsport – Dados da Temporada de 2017

13 rounds do campeonato

4 vitórias  (Rali  da Corsega, Rali da Argentina, Rali da Polónia, Rali d Austrália)         1 vitórias de 1º e 2º lugares (Rali da Polónia)

12  pódios  individuais

4 pódios duplos (Rali da Corsega, Rali de  Portugal, Rali da Polónia, Rali d Austrália) 91 vitórias em etapas

56 pontos na Power Stage

Comentários

Escreva um comentário

Os comentários são moderados